25 de julho de 2013

Lembrança de avó

Meu avos, moravam em um sítio, no interior do Rio de Janeiro, em uma cidadezinha, chamada Santa Isabel do Rio Preto, nasci e passei 01 ano da minha vida morando na mesma casa com eles, os tempos eram difícieis e meu pai trabalhava com meu avô, com a graça de Deus, meu pai arrumou um emprego e viemos para Jacareí, onde é nossa cidade atual, e ele permanece no mesmo emprego, no primeiro ano que meu pais se mudaram, ele tinha um salário muito baixo e não tinha carro, era mês das mães, tinha uma criança de 01 ano, tinha vários gastos, aluguel etc... seu desejo, abraçar a mãezinha dele, minha mãe e eu ficamos, com o dinheiro que nos levaria, ele comprou um presente para ela, um jogo de xícaras, com 12 pires e 12 xícaras e um suporte,  minha mãe arrumou o presente na mala e ele passou o dia das mãe com a sua querida mãezinha! a felicidade para ele foi imensa!
Ela era uma mulher de hábitos simples, não tinha muitos bordados e coisas finas, mas tinha uma sabedoria exemplar tenho lembranças de uma infância muito feliz ao lado dela e dos meu primos.
Férias escolares sempre foi uma festa, todos para a casa da vó, ai que saudades, quando todos já se arrumavam para dormir ela arrastava seu chinelinho e se encostava no fogão a lenha para "pitar" , lembro-me da roupa lavada e estendida na grama, da broa de fubá, e o arroz-doce isso só ela sabia fazer e fazia como nínguem, ah! o doce de leite esse tinha um sabor incrível. Mas o que bate mesmo a saudade e faz encher os olhos de lágrimas era os aromas, as cobertas tinham cheiro de recém lavadas misturadas com a fumaça do fogão, e ela tinha cheirinho de perfuminho da avon com fumacinha do fogão.
Já faz alguns anos que ela se foi deixando uma imensa saudade, por isso tenho uma enorme felicidade de ter um jogo de xícaras dela na minha casa, olha para esse jogo e me lembro dele na casa dela, em cima do armarinho amarelo, com paninho de crochê em baixo.



E você tem algum objeto que foi da sua avó na sua casa?

Quem quiser acompanhar o blog nas redes sociais é só seguir: Twitter ❤ Fanpage ❤ Instagram Pinterest 

Obrigada pela visita!

17 comentários:

  1. Oi Cibele.
    vim conhecer o cantinho e adorei essa lembrança de vó, eu tenho um bule que foi de minha avó tem mais de 70 anos, era de minha mãe e ela me deu para a minha coleção, estou te seguindo e amei vir aqui.
    Bjs.
    Silvia.

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, Ci! Acho que todo mundo tem lembranças boas de vó, né? Adorei a cor, tão atual!
    Eu tenho várias mimos da minha avó materna: xícaras de cafezinho, relógio despertador e uma moringa linda. Tudo guardado com muito carinho.
    Beijos,
    Ju

    ResponderExcluir
  3. Ai que lindo, essas coisas de vó tocam o coração da gente, eu tenho um jogo de sobremesa com um prato de bolo e 4 pratinhos pequenos que tem mais de 30 anos e um pé de máquina de costura com quase a mesma idade, menina tenho um amor nesses negócios que nem deixo ninguem chegar perto kkkk, minha vó ainda vive mas é bem velhinha, da uma saudade dos tempos que ela tinha saúde e fazia tanta coisa, me ensinou muitas coisas, parabéns pelo post, adoreiiii

    ResponderExcluir
  4. Oi, Cibele!
    Que postagem linda! Realmente, a presença dos avós é algo (ou costuma ser) muito terno na vida da gente. Coisa que fazemos questão de guardar no coração, para poder relembrar! E cada vez que relembramos, parece que voltamos a ser crianças. Bom demais!
    Um ótimo final de semana para você, querida!
    Abraços.
    http://dedeartes-denise.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Cibele, não tenho nada da minha avó materna que foi maravilhosa para mim. Só as lembranças.
    E lembro de uns tecidos que ela fazia lençol ou era toalhas para nossos banhos.
    Se eu soubesse que o tempo ia passar, e passar rápido, teria agarrada as lembranças dela com mais intensidade.

    ResponderExcluir
  6. Vc tem cafeteira, vi na foto. E usa? Vale a pena ou é mais uma coisa para ocupar espaço na cozinha?

    ResponderExcluir
  7. Amei o seu blog! Já estou te seguindo... Venha conhecer minha casinha também e fique à vontade para puxar minha orelhar e fazer comentários... o endereço é: www.giseemcasa.blogspot.com.br. Traga amigos para um bom papo. Aguardo sua visita!

    ResponderExcluir
  8. Oi Cibele, é a Vi, perdi meus 3 avós antes de nascer,e a outra avó aos 6 anos, não sobrou nada deles, a não ser as memorias que passam de geração em geração.
    Gostei dessa lembrança carinhosa que você tem de sua avó.
    Muitos beijos,Vi

    ResponderExcluir
  9. eu enho um lampi~~ao que foi dos meus avos maternos, qualquer dia desses eu mostro!!beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho uma colcha de piquet e quatro guardanapos de tecido que foram da minha avó, herança. Minha mãe foi no dia da partilha dos objetos pessoais da vovó e pegou isso pra mim. Amo minha vovózinha mesmo ela tendo partido e amo ter lembranças dela comigo.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Oi Cibele,
    Não tenho nada, na verdade não conheci minhas avós. Não sei como é ter uma :'(
    bjs.

    ResponderExcluir
  12. Cibele, puxa, amiga, manteiga derretida como sou, até chorei...
    Histórias de vida sempre me emocionam mto...
    Olhando pra esse jogo de xícaras tão lindos e significativos, reforço ainda mais a ideia de que lar que é lar tem uma decoração/objetos/coisas com significados, ali, com alma.
    Particularmente, não gosto de casas com cara de show-room, entende? E a sua, já percebi, é uma casa que tem alma.

    Minha avó paterna, infelizmente, não cheguei a conhecer. Minha avó Kita, como carinhosamente a chamávamos, se foi tem mtos anos e deixou seu exemplo irretocável de mulher guerreira e honrosa e lembranças materiais tbm. Pra mim ficaram os presentes que ela me fazia, colchas e tapetes de retalhos lindos demais, além de toalhinhas de crochê, que uso com tanto amor. Deixou tbm uma rosa de prata que, ela disse, não daria pra ninguém senão pra mim, e seus brincos e colares de pérolas, que não são verdadeiras, pq ela era uma pessoa desprovidade de posses, sabe, mas pra mim têm um valor mto acima de qquer pedra preciosa, pq elas vieram lapidadas pelo coração da minha querida vó Kita...
    Nem consigo falar mais, amiga... fica com Deus!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  13. Que emocionante este seu depoimento! Também tenho doces lembranças dos meus avós e minha mãe e guardo uma compoteira e alguns potinhos que foram da minha avó. Muito antigos e lembro de muitas outras coisas que tinha deles, mas que se perderam nem sei como.
    Parabéns pela sua lembrança, de fato linda.

    Bjos.
    Cris.

    P.S.: Em Jacareí tenho uma amiga, a Jussara, que agora administra uma loja de doces e gostosuras chamada Empório da Nicota. Conheces?

    ResponderExcluir
  14. Ai Cibele, Casa de vó é tudo, né?
    Lembro bem das minhas...a saudade quando bate...ai ai...
    Bem, eu tenho uma travessa que foi da minha avó, agora falando nisso lembrei de outras coisas que deixei na minha mãe, pra pegar qualquer dia, e nem sei se ainda existe, rsr
    Olha, adorei suas xícaras.
    Tenha uma ótima semana, beijos

    ResponderExcluir
  15. Ai menina da minha avó mesmo eu não tenho nada, tenho da bisavó, meu aparador e cristaleira!
    amo muito!!!

    ResponderExcluir
  16. Tenho uns pratos que ela me deu que são meu xodó não por serem lindos,mas por fazerem parte da história de vida da minha família,amo essas peças que falam sobre nossa vida.Bjuss

    ResponderExcluir
  17. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir


Deixe seu comentário, porque é ele a vitamina desse blog.
Se preferir, fale comigo pelo e-mail leite.cibele@hotmail.com

Beijocas.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...